FGV Jr.

Histórias Empreendedoras: Go Dog

Bruno Gavina, estudante de comunicação na UFF e trabalho na Go Dog. Anarquista de essência e empreendedor de natureza.

Empreender no cenário atual é desafiador.

O sistema econômico/mercado é muito fechado e centralizado nas mãos de poucos. Empreender é resolver problemas. A Go Dog é uma plataforma que conecta donos de cães sem tempo para passear a profissionais treinados que fazem um serviço individual, mandam um relatório completo e ainda limpam as patinhas no final do passeio. Entendemos que a estagnação de aspectos culturais é o maior problema nos dias atuais. Conectar, influenciar e criar soluções para os cães é a nossa missão.

Participamos de uma evolução colaborativa onde a comunicação é a chave para conscientização coletiva da sociedade. Fazer a Go Dog acontecer tem sido bastante difícil, o cenário tecnológico no Brasil não é favorável e faltam profissionais na área. Apesar disso, tem mais cachorros que crianças no Brasil, o que facilita muito alavancar nossa startup aqui. A maior barreira de entrada no nosso caso é a confiança dos donos de cães. Por isso um dos nossos pilares culturais são a seleção e o treinamento. Entendemos que os nossos parceiros são os nossos bens mais valiosos e os expoentes na nossa operação, é muito importante que o ambiente da plataforma esteja equilibrado e agradável. Nosso maior desafio ainda é a credibilidade perante o mercado. Mesmo assim, o mercado brasileiro ainda é muito amador e as empresas concorrentes não estão estabelecidas

Nota: A FGV Jr. gostaria de apresentar o novo conceito de blogs que iremos publicar! Abrimos espaço para diferentes empreendedores contarem suas histórias no Blog da FGV Jr. e compartilharem suas experiências e percepções do mercado. Caso você queira compartilhar a sua história, não hesite em entrar em contato com a FGV Jr.! Email: [email protected]

×

Olá!

Fale com um de nossos consultores agora mesmo, clicando na caixa abaixo.

×