FGV Jr.

Afinal, o que significa Design Thinking?

Você sabe o que significa Design Thinking e como ele pode te ajudar a resolver seus problemas?. O tradicional método convergente de selecionar a melhor alternativa dentro de um rol de possibilidades fixas tem se mostrado incapaz de propor soluções satisfatórias para os complexos desafios impostos pela atualidade. É preciso atualizar as organizações e empreendedores para lidar com esses desafios de maneira criativa e eficiente, mudando sua abordagem e mindset. Aí, entramos no mundo do design thinking!

O Design Thinking é uma revolucionária abordagem que reúne ferramentas, técnicas e conhecimentos mobilizados para fragmentar um problema complexo em etapas e desenhar ideias inovadoras para encaminhar a sua solução. Gigantes do mercado como Apple e Coca Cola e IBM, têm implementado o Design Thinking para otimizar os seus processos e serviços, colhendo resultados surpreendentes.

o que significa design thinking
Fonte: Design com Café
O processo do Design Thinking compreende certas etapas governadas por uma centralidade do humano e suas demandas para a gestação da solução. Os pilares que dão fundamento ao processo são Empatia, Colaboração e Experimentação.

 

O Primeiro Pilar: Empatia

O foco do Design Thinking jamais deve se distanciar do caráter humano de sua aplicação.  Por isso, a primeira etapa é a Imersão. Através de um olhar empático, é possível imergir na sua realidade  e  adquirir uma compreensão profunda das dores, necessidades e sonhos do cliente. Nesse ponto, são feitas perguntas básicas, pesquisas quantitativas e qualitativas, reuniões-diagnóstico e coleta de dados pertinentes. Escutar é vital para que a análise seja assertiva e robusta. A etapa seguinte é de Definição do Problema. A partir do levantamento de dados feito na Imersão, é preciso delimitar e enquadrar os problemas centrais em um diagnóstico claro, reunindo padrões e identificando sintomas.

O Segundo Pilar: Colaboração

Com o problema definido aliado a um detalhamento do usuário e de suas demandas, inicia-se a etapa de Ideação. Nessa etapa, nota-se o diferencial em relação ao método tradicional já apresentado. A divergência aqui é entendida como ampliação de ideais para expandir as propostas. Assim, técnicas de criatividade são aplicadas para ampliar as alternativas sob uma pluralidade de pontos de vista (zoom-out). Posteriormente, de uma perspectiva mais ampla, são filtradas as soluções mais adequadas para resolver a necessidades já identificadas (zoom-in).

O terceiro pilar: Experimentação

Uma ideia criativa só se torna uma inovação quando sai do papel para gerar efeitos na realidade do cliente. Na etapa seguinte, a Experimentação, as ideias tomam forma e são materializadas em protótipo de solução. Na fase de Testes, é apresentado ao cliente um protótipo a ser experimentado e submetido a testes. Com o feedback obtido, deve-se corrigir e aprimorar o protótipo para que a versão refinada pela experimentação seja aquela que melhor atende as necessidades do cliente em relação ao produto ou serviço. Por fim, segue-se a Implementação onde a ideia inicial se transforma em solução concreta pronta para aplicação.

Porque O Design Thinking?

A abordagem apresentada confere inúmeras vantagens para o usuário e destinatário final. O processo permite que mais possiblidades não óbvias sejam reveladas e discutidas, ampliando o rol de ideias que não surgiriam espontaneamente numa análise rasa. Além disso, por ser essencialmente um processo empático e centrado no cliente, é possível chegar a soluções personalizadas norteadas por uma compreensão única das necessidades específicas. Por fim, a metodologia é altamente iterativa e permite validar com o usuário cada etapa. Com isso, a construção do projeto é colaborativa com o usuário, conferindo diferencial aos serviços pautados no Design Thinking.

Design Thinking E As Empresas Jr.

O mercado tem mostrado grande predileção por personalização de produtos e serviços em vez de propostas genéricas. Por isso, na FGV Consultoria Jr., procuramos estar conectados com nosso cliente desde o início do processo. Em vez de apenas vender itens genéricos da carta de serviços, queremos responder às preocupações do usuário identificadas em uma franca e aberta reunião-diagnóstico. Então, por meio da metodologia do Design Thinking, nossos serviços são desenvolvidos centrados nos pilares da empatia, colaboração e experimentação. As microetapas dos serviços são mobilizadas para solucionar ,em segmentos, o problema macro. Validando cada etapa com o cliente em verdadeira parceria criativa, agregamos valor ao produto de consultoria e desenhamos soluções eficazes, contextualizadas e inovadoras .

 

Agora que você sabe o que é Design Thinking, que tal clicar aqui e descobrir o que é Coworking? 

Translate
×